Cruzeiros de Aventura em Costa Rica

As florestas tropicais e o litoral da Costa Rica abrigam uma das regiões mais biodiversas do ‘Parque Nacional Manuel Antonio’. Um paraíso para os amantes da natureza.

Os cruzeiros da Costa Rica oferecem a chance de explorar pontos mais isolados de seu lindo litoral. A costa do país abriga excelentes parques nacionais e refúgios da vida selvagem. Tais parques são o lar de grandes florestas tropicais e de uma variada fauna, como macacos,lagartos e papagaios. As florestas são predominantemente secas, o que as tornam ideais para trilhas e fotografias.Muitas pessoas escolhem a Costa Rica por suas águas calmas e claras.

Além disso,o país é o paraíso das atividades aquáticas, com uma vasta vida marinha e recifes de corais, ideais para mergulho de snorkel e autônomo. Pranchas de stand up e caiaques são populares e permitem chegar em pontos menos acessíveis. Se relaxar faz mais seu estilo, pode curtir as longas praias de areia branca ou assistir o pôr do sol enquanto toma uma bebida no convés.


Melhores cruzeiros e áreas para visitar na Costa Rica

O Parque Nacional Manuel Antonio é o mais biodiverso da Costa Rica. As florestas se estendem por todo o parque, que apesar de ter menos de 7 km², abriga mais de uma centena de diferentes espécies de animais e ainda mais tipos de pássaros.

Na Península de Osa existe uma antiga cidade mineradora de ouro em meio a uma floresta.A cidade principal, Puerto Jimenez, foi um importante local durante a corrida do ouro, por isso possui amplas instalações, lojas, restaurantes e bares.A área é cercada por uma extensa floresta com manguezais e uma biodiversidade extraordinária, especialmente no Parque Nacional Corcovado.

Cerca da metade das espécies de animais que vivem na Costa Rica podem ser encontradas no Parque Nacional Corcovado em Osa. Nas árvores, entre papagaios e tucanos coloridos, há preguiças e macacos também. Pelo caminho, encontramos antas e tamanduás, e se tiver sorte, gatos maracajá. Uma das vantagens de estar em um cruzeiro em Osa, a é a chance de conhecer melhor a vida marinha, saltar do barco e nadar com golfinhos. Peixes-boi também são vistos nos manguezais, onde se pode chegar através de barquinhos. Fique atento aos crocodilos espreitando na superfície da água.

Golfo Dulce está um pouco mais distante das rotas turísticas, já que sua maior parte só é acessível por barco, tornando-a ideal para fazer um mini cruzeiro. Graças à esse isolamento, as florestas ainda são o lar de muitos de povos indígenas. Golfo Dulce tem uma das águas mais ricas da Costa Rica. O surfe é bem popular, especialmente em Pavones, onde quebra a segunda maior onda de esquerda do mundo.

O Golfo do Papagaio vêm se tornando um dos melhores pontos de resorts de linha da Costa Rica, devido às suas longas praias de areia branca e belas vistas oceânicas. As condições são ótimas para velejar, remar de stand up, relaxar, e encanta muitos amantes da natureza. Nas florestas em volta da praia, é possível fazer ótimas trilhas naturais.

Na Península de Nicoya destaca-se o Curu National Wildlife Refuge, uma área protegida para manter o ambiente ideal para os macacos, guaxinins, cobras e cervos de cauda branca bem amigáveis que vagueiam pelas praias.Há um lugar famoso para fazer snorkel à noite,em uma bioluminescência brilhante no mar. Alguns dos melhores lugares são acessíveis apenas de barco,assim, se estiver em um cruzeiro, não terá que dividir sua visita com muitas pessoas.

Qualquer um que visita a Costa Rica em busca de aventuras e esportes aquáticos não pode deixar de ir para Ilha Tortuga.Famosa pela prática de caiaque e snorkel, também atrai mergulhadores devido a sua vida marinha, que inclui raias-prego, tubarões de recife e golfinhos rotadores. Em terra, há ótimos bares e restaurantes com lindas vistas e energia relaxante. Para os aventureiros, há uma tirolesa que leva ao topo das árvores,adicionando um pouco de emoção no seu cruzeiro de aventura.

Na fronteira da Costa Rica e Nicarágua se encontra o Parque Nacional Santa Rosa que protege uma área de importância histórica e natural para a Costa Rica. Lá, foi sítio das batalhas de Santa Rosa, onde Costarriquenhos lutaram com sucesso contra as forças da Nicarágua. É um lugar de grande interesse natural, com uma floresta seca e vida selvagem interessante. Esportes aquáticos também são uma boa aposta, o surfe é excelente e há muitos ninhos de tartaruga nas praias, o que garante muitas tartarugas no seu mergulho de snorkel.

Melhor época para um cruzeiro na Costa Rica

Há duas estações principais na Costa Rica, úmida e seca.De janeiro à Abril é seco e perfeito para explorar. A maioria das ilhas são acessíveis e as condições do mar são ótimas. Também é a época que o país recebe o maior número de visitantes, assim, é recomendável planejar e reservar sua viagem com máxima antecedência, principalmente se sua visita for durante as férias escolares. Maio e Junho é a época mais tranquila e é um pouco mais úmido durante à noite. Em Julho e Agosto o clima é mais úmido mas é o período ideal para ver os milhares ninhos de tartarugas.

Como chegar na Costa Rica

A Costa Rica tem dois aeroportos internacionais, San Jose e Daniel Oduber. San Jose é o maior e recebe vôos dos E.U.A e Europa, é uma hora e meia à duas horas de carro de lá para o Porto de Caldera e Punta Arenas, de onde partem os cruzeiros. Daniel Oduber é um pouco mais longe, cerca de 3 horas de carro e não tem tantos vôos, a maioria deles são dos E.U.A.

De onde partem os Cruzeiros da Costa Rica?

Muitos cruzeiros da Costa Rica partem dos portos de Caldera e Arenas,próximos a San Jose, sendo fácil o acesso para ambos aeroportos internacionais. Também há alguns catamarãs que saem de Herradura, particularmente aqueles que vão para a Ilha Tortuga. Alguns cruzeiros partem da Costa Rica para o Panamá ou vice versa. Cruzeiros do Panamá para Costa Rica começam no Panamá e partem de Flamenco Marina, perto da Cidade do Panamá. Dos aeroportos para os portos é possível pegar um táxi mas é recomendável reservar um traslado com antecedência.

Dicas para fazer um Cruzeiros na Costa Rica

Costa Rica tem uma temporada relativamente curta,então,se sua viagem for durante períodos de alta, é aconselhável planejar e reservar com antecedência. Vôos e hotéis lotam rapidamente, principalmente durante férias escolares da América do Norte e Europa. Reservar traslados com antecedência também é uma boa idéia e será mais eficiente do que tentar pegar um táxi ou ônibus no dia.

Embora o clima seja confiável durante a temporada seca, sempre há uma chance de atraso devido à natureza acidentada e relaxada da Costa Rica.Tenha isso em mente ao agendar seu horário de traslado. Se estiver voando para um cruzeiro,é uma boa ideia chegar alguns dias antes para não perder a saída do Cruzeiro.

Os cruzeiros da Costa Rica oferecem várias atividades e visitas para atender a todos interesses.Entretanto, há períodos melhores para cada atividade. Para mergulhos de snorkel a melhor época é de Janeiro a Abril devido ao sol e às águas calmas. De Julho a Outubro é a melhor época para encontrar tartarugas. Para o Surf, os melhores swells são nos meses de Abril a Outubro.

Lembre-se de levar roupas de frio e impermeáveis,independentemente da estação do ano. Chapéu e protetor solar são fundamentais. Muitos cruzeiros oferecem equipamentos de Snorkel, mas é sempre melhor ter o seu.

Entrar na Costa rica é bem fácil e não há necessidade de pré-visto para a maioria das nacionalidades. Você precisará de um passaporte válido até seis meses e uma prova de 500 dólares ou mais na sua conta ou em mãos. Garanta que terá acomodação reservada antes de chegar ao país, ou terá que fazer sua reserva antes de passar pela alfândega. A moeda local é o Colon, mas os dólares americanos são bem aceitos. É recomendável já trazer os dólares com você.

Dê uma olhada nos diferentes itinerários dos Cruzeiros na Costa Rica e contate nosso time de reservas para discutir sua próxima viagem nesse país diverso.