Live aboard de mergulho nas Ilhas Salomão

2live aboards emIlhas Salomão

As águas remotas e intocadas das Ilhas Salomão abrigam um sistema ecológico diversificado em meio a navios, aeronaves e submarinos naufragados da Segunda Guerra Mundial.

A melhor forma de explorar as Ilhas Salomão é, sem dúvidas, através de um live aboard. Você descobrirá recifes intocados com grande quantidade de peixes e mais de 500 espécies de corais duros e moles, além de poder mergulhar em meio a naufrágios da Segunda Guerra Mundial. Das 922 ilhas que compõem o arquipélago, apenas 147 são habitadas e são consideradas um importante destino do ecoturismo no sul do Pacífico.

Ilhas Salomão - 2 live aboards

    Solomons PNG Master

    Solomons PNG Master

    de US$ 327/ dia
    8,4 "Muito bom"

    Ilhas SalomãoePapua Nova GuinéUS$4,680 de

      Junte-se ao Solomons PNG Master para um inesquecível safári de mergulho. Explore os remotos pontos de mergulho das Ilhas Salomão e PNG, onde macros incríveis e pelágicos espetaculares são abundantes.

      Solomons PNG Master
      Bilikiki

      Bilikiki

      de US$ 489/ dia
      9,6 "Excepcional"

      Ilhas SalomãoUS$5,450 de

      Com uma sala dedicada ao carregamento e armazenamento de câmeras, o MV Bilikiki é um live aboard de luxo que para as Ilhas de Salomão. Decks para banho de sol, 10 suítes, ar condicionado e banheiro.

        Bilikiki

        Uma amiga mergulhadora que participou de um live aboard recentemente nas Ilhas Salomão relatou sua experiência: "Nas Ilhas Salomão, há criaturas de todos os tamanhos, estruturas subaquáticas diversas, águas rasas e profundas, corais duros e moles, naufrágios da Segunda Guerra Mundial e muito mais! Temos o melhor de tudo em um único live aboard!" Ela disse que, num mesmo mergulho, viram tubarões-martelo e nudibrânquios espetaculares. Sem contar a chance de participar de excursões para conhecer a paisagem da ilha e a vida local, com caminhadas e visitas a aldeias onde os mergulhadores podiam comprar esculturas de madeira e outros artesanatos.

        MERGULHO A BORDO DE UM LIVE ABOARD NAS ILHAS SALOMÃO

        Nos live aboards das Ilhas Salomão, há pacotes de todos tamanhos e para todos os bolsos, variando de US$ 250 a US$ 450 a diária, dependendo do mês e do tipo de acomodação. Eles partem de Honiara, a capital localizada na ilha de Guadalcanal.

        A viagem mais curta (de 2 dias), tem como foco as Ilhas Flórida e é bastante acessível. Já os pacotes mais longos, com duração de 7, 10 e até 15 dias, se estendem a pontos mais remotos. Não é preciso ter uma quantidade mínima de mergulhos. Aqui você pode fotografar desde criaturas minúsculas a gigantescas. Geralmente, são feitos 5 mergulhos por dia com duração de mais de uma hora. O Nitrox é disponibilizado no local.

        Para a maioria das pessoas, o sul do Pacífico é como um paraíso de areias brancas e palmeiras balançando ao vento. Para os mergulhadores que buscam águas límpidas e mornas, com uma vida marinha diversificada, as Ilhas Salomão são perfeitas acima e abaixo da superfície.

        ÁREAS E LOCAIS DE MERGULHO NAS ILHAS SALOMÃO

        As Ilhas Salomão se localizam na região sudoeste do Oceano Pacífico. Durante a Segunda Guerra Mundial, a área foi palco de um intenso combate que durou seis meses: a Batalha Naval de Guadalcana. Por isso, há muitos naufrágios próximo a Honiara e espalhados por toda a região. Veja alguns pontos de mergulho interessantes:

        As Ilhas Flórida, ou Ilhas Nggela, incluem Tulagi, centro da batalha naval de Guadalcanal. Apelidada de "The Iron Bottom Sound", o local conta aproximadamente mil navios, submarinos e aeronaves que os mergulhadores podem conhecer. Há também belos recifes, paredões e tubos de lava.

        As Ilhas Flórida contam com mais de quinze pontos de mergulho, incluindo o “Garbage Bin”, onde você pode mergulhar junto à proa do New Orleans, navio afundado por um torpedo. Nas proximidades, há muitos outros naufrágios, incluindo um hidroavião japonês quase totalmente intacto. Nas águas rasas, você encontra cavalos-marinhos pigmeus, nudibrânquios coloridos, peixes donzela e muito mais.

        Mary Island é outra parada popular no itinerário dos live aboards de mergulho. Aqui você encontra criaturas maiores e vários cardumes, sem contar a grande quantidade de barracudas, xaréus e atum. Seus 3 pontos de mergulho principais são: Barracuda Point, Anchor Point e Mary Corner.

        Nas Ilhas Russell, há uma dúzia de pontos de mergulho que incluem até cavernas. Um lugar bastante popular entre os fotógrafos é Custom Caves, uma caverna com abertura grande o suficiente para vários mergulhadores emergirem. Em Bat Cave, você tem a chance de ver filhotes de tubarões de arrecife, peixes da espécie solenostomus paradoxos e cavalos-marinhos pigmeus. Não esqueça os morcegos no teto da caverna. A nordeste, há ilhas menores para explorar. Contemple a vida pelágica, corais duros e moles, polvos e ostras gigantes.

        Marovo Lagoon é uma lagoa formada por recifes que cercam a ilha de Vangunu. Os pontos de mergulho ficam a noroeste de Honiara e incluem as proximidades das Ilhas de Peava e Mbulo. Essa área é bem grande e conta com inúmeros pontos de mergulho com aeronaves e navios da Segunda Guerra Mundial, embarcações japonesas de pesca e recifes encantadores. Peava Jetty é um local de mergulho com visibilidade mediana, mas que recebe ótimas avaliações de quem mergulha em busca da vida marinha. Palette é outro ponto de mergulho próximo com muitos corais coloridos. Aqui é possível encontrar cardumes de todos os tamanhos, incluindo barracudas e arabaianas, e seus corais contam com a presença dos belíssimos cirurgiões-patela.

        QUANDO IR

        Nas Ilhas Salomão, é possível mergulhar em qualquer época do ano. A estação das chuvas vai de novembro a abril, mas nada que atrapalhe. Quase nunca há ciclones na região.

        Visibilidade e temperatura:

        As Ilhas Salomão são um paraíso tropical. A temperatura do ar varia entre 23°C e 34°C e da água entre 26°C e 29°C. A visibilidade se estende a 15 m, embora não seja difícil enxergar entre 21 e 30 metros.

        DICAS PARA OS VIAJANTES

        A eletricidade é de 240v, com tomadas em estilo australiano ou britânico.

        Inglês é um dos idiomas mais falados, e a moeda local é o Dólar das Ilhas Salomão. Você encontra bancos e caixas eletrônicos em Honiara e Gizo. Embora seja possível usar cartão de crédito em muitos locais, é melhor levar algum dinheiro com você nas ilhas mais distantes.

        COMO CHEGAR E PORTOS DE PARTIDA

        A melhor maneira de chegar às Ilhas Salomão é por Honaria, vindo de Nadi, Fiji ou Brisbane, na Austrália, dependendo da companhia aérea escolhida e dos horários de voo. Você precisa levar seu passaporte e a passagem de retorno. Verifique como funcionam os vistos e as permissões de visita no Brasil.

        CONSIDERAÇÕES FINAIS

        Como na maioria dos live aboard, algumas taxas locais podem ser aplicadas. Confirme essas informações na agência escolhida.

        Ilhas Salomão Comentários

        8,9
        Fabuloso (de 10) 10
        Nota média de 5 Comentário(s) Verificado(s) Apenas pessoas que fizeram a reserva pelo LiveAboard e participaram da viagem podem escrever comentários.
        Se inscreva já e receba ofertas semanais

        Obrigado por se inscrever - quer mais ofertas? siga-nos no facebook