Cruzeiros de Aventura no Alasca

15barcos peq. emAlasca

Um território vasto e intocado te aguarda. O Alasca tem uma vida selvagem incrível e glaciares espetaculares.

De fiordes cheios de gelo a florestas deslumbrantes, o sudeste do Alasca é o sonho de qualquer aventureiro. Conhecido como uma das áreas de cruzeiro mais bonitas do mundo, explorar o panhandle do Alasca em um barco pequeno serão as férias da sua vida.

Conhecer o Alasca em cruzeiros de aventura significa ver as maravilhas da região bem de perto. Aprenda sobre a rica história da “Corrida do Ouro” de 1897, visite a Baía Glacier (a maior biosfera do mundo!) para ver baleias, focas, águias e ursos, e visite tribos locais na Passagem Interior. A ação e aventura do Alasca não acabam nunca, e as memórias que você fizer aqui durarão a vida toda.

Alasca - 15 cruzeiros

    Safari Endeavour

    Safari Endeavour

    de US$ 466/ dia

    AlascaUS$5,295 de

    Explore o Alasca com conforto a bordo do Safari Endeavour. Cada cabine inclui TV/DVD, estação de iPod, AC, banheira privativa com chuveiro. Instalações incluem caiaques, stand-up paddle e massagens.

      Safari Endeavour
      Chichagof Dream

      Chichagof Dream

      de US$ 524/ dia

      AlascaUS$3,990 de

      Junte-se a uma expedição no Alasca para toda a família com o Chichagof Dream. Instalações incluem uma caverna de sal, caiaques e deque ao sol, e um animador fornece atividades especiais para crianças.

        Chichagof Dream
        Island Spirit

        Island Spirit

        de US$ 356/ dia

        AlascaUS$4,500 de

        Explore a Passagem Interior do Alasca no confortável e acolhedor Island Spirit. O barco leva caiaques e botes, e oferece vistas excepcionais da natureza e vida selvagem. Todas as cabines têm janelas.

        Island Spirit

        MELHOR ITINERÁRIO DE CRUZEIRO NO ALASCA

        Há muitos itinerários diferentes de cruzeiro pelo Alasca em oferta, cada um incrível à sua maneira. A maioria dos cruzeiros no Alasca explorará a parte sudeste, ou penhandle, do estado. Abaixo estão algumas das áreas que se destacam em um cruzeiro em barco pequeno pelo Alasca:

        Velejando pela Passagem Interior - Moldada por enormes glaciares a milhões de anos atrás, a Passagem Interior se estende de Puget Sound, no estado de Washington, pela Colúmbia Britânica canadense até o Golfo do Alasca. A Passagem Interior apresenta um cenário deslumbrante que está sempre mudando. Lar de baleias, águias-americanas, leões-marinhos e botos, a Passagem Interior do Alasca cobre mais de 800 quilômetros e abrange mais de 1000 ilhas.

        Parque Nacional e Reserva da Baía Glacier - Maravilhe-se com um cenário de encher os olhos ao velejar pela Baía Glacier, a maior biosfera protegida pela UNESCO do mundo. Com sorte, você verá papagaios-do-mar coloridos, cabras-montesas, águias, ursos e leões-marinhos, tudo com um lindíssimo plano de fundo e os incríveis sons da natureza ao seu redor.

        Ilhas Chichagof e Baranof - Apenas duas das muitas ilhas do Alasca - e ambas o sonho de um amante da natureza. A Ilha Chichagof é o lar de botos, focas, baleias e da maior população de ursos por metro quadrado do mundo! A Ilha Baranof apresenta enseadas escondidas, fontes termais e uma incrível gama de vida selvagem que chama esta ilha de lar.

        Tracy Arm - Prepare-se para um cenário de tirar o fôlego ao velejar por Tracy Arm. Localizado a aproximadamente 70 quilômetros ao sul de Juneau, Tracy Arm é um fiorde estreito que se estende por mais de 48 quilômetros. Com mais de 25% da área coberta de gelo e abrangendo alguns dos maiores glaciares do Alasca, Tracy Arm oferece vistas de cachoeiras deslumbrantes, imensos paredões de rocha com mais de 1,5 km de altura e é também o lar de centenas de focas, cabras-montesas, águias e baleias.

        Ketchikan - Conhecida como “a capital mundial do salmão”, Ketchikan é uma cidade rica em história. A área começou com a construção uma “salteria” de peixes, seguida por uma fábrica de conservas de salmão, mineração de cobre e ouro, e até fornecendo lenha para a construção de aviões na 2ª Guerra Mundial. Hoje a principal indústria de Ketchikan é o turismo – e com museus, bibliotecas e restaurantes, além da incrível vida selvagem como cabras-montesas, ursos negros, lontras marinhas, baleias jubarte, orcas e focas, é fácil entender por quê.

        Sitka - Outra cidade rica em história, Sitka, localizada na parte sul da ilha Baranof, é o local onde a bandeira russa foi baixada e a bandeira americana foi hasteada depois que os EUA compraram o Alasca dos russos em 1867.

        MELHOR ÉPOCA PARA FAZER UM CRUZEIRO NO ALASCA

        A melhor época para fazer um cruzeiro no Alasca é entre abril e setembro, com a alta temporada sendo em junho e julho, principalmente por causa do clima mais quente e dias mais longos. O início de abril e fim de setembro são tipicamente a baixa temporada, mas com frequência a melhor época para ver a aurora boreal por causa dos dias mais curtos. Maio e abril também oferecem vistas incríveis uma vez que os picos das montanhas ainda estão cobertos de neve.

        Do meio de abril até o final de agosto é a melhor época para ver baleias, especialmente orcas e jubarte. No entanto, contanto que seja entre abril e setembro, não importa muito qual época do ano você escolher: a observação da incrível vida selvagem é garantida, sejam cabras-montesas, ursos negros, focas, lontras marinhas ou águias-americanas. Junte isso com a deslumbrante paisagem do Alasca e você com certeza terá uma aventura inesquecível.

        DE ONDE SAEM OS CRUZEIROS NO ALASCA?

        O ponto de embarque para o seu cruzeiro no Alasca varia de acordo com o itinerário, mas os embarques mais comuns são os seguintes:

        Ketchikan - Localizada na Ilha Revillagigedo, a Alaska Airlines fornece voos diários para cá de Seattle. É também possível chegar a Ketchikan por mar com a Alaska Marine Highway System (AMHS), que tem conexões dos EUA e do Canadá - mas a viagem entre Washington e Ketchikan leva 3-4 dias!

        Juneau - Há duas maneiras de se chegar a Juneau: ou por ar ou por mar. A Alaska Airlines oferece voos diários o ano todo de Seattle para Anchorage, e a Delta Airlines oferece voos sazonais de Seattle para Juneau. A outra opção é com a balsa estatal da AMHS.

        Petersburg - A Alaska Airlines oferece voos duas vezes por dia de Washington, Seattle e Anchorage, e também há a opção de chegar a Petersburg via AMHS.

        Sitka - Com conexões de Seattle, Anchorage, Fairbanks, Juneau e Ketchikan, a Alaska Airlines oferece voos diários para Sitka. Há também a opção de ir de balsa, mas novamente, pode levar 3-4 dias.

        Seattle - Como uma das maiores cidades dos EUA, Seattle oferece diversos acessos, de aviões e trens a bondes, há muitas opções para se chegar a Seattle.

        Não se esqueça de checar seu itinerário com antecedência, uma vez que diferentes rotas podem oferecer diferentes opções de saída/retorno. Os itinerários variam de viagens ida e volta (p. ex. Juneau a Juneau) a viagens apenas de ida (p. ex. Seattle a Juneau, ou Sitka a Ketchikan). O tipo que você escolher vai depender se você pretende incorporar mais opções em terra no início ou fim da sua viagem. Também vale considerar um cruzeiro de (re)posicionamento, onde os barcos vão de uma área/país de operação para outro, e podem oferecer uma viagem única que normalmente não faz parte dos itinerários regulares. Seja qual for sua rota, é recomendável que você chegue ao seu local de embarque ao menos um dia antes da data de saída do seu cruzeiro de aventura pelo Alasca.

        DICAS PARA UM CRUZEIRO NO ALASCA

        Antes de partir para seu incrível cruzeiro no Alasca, aqui vão alguns conselhos gerais para garantir que sua viagem corra sem problemas:

        O que esperar de um Cruzeiro no Alasca - Cruzeiros no Alasca geralmente prometem aventura, emoção e beleza. A bordo você pode esperar quartos confortáveis, culinária excelente e novos amigos pra vida toda. Os dias geralmente começam com um bom café da manhã para te preparar para as atividades do dia, seguido de caminhadas, observação de baleias, observação de pássaros nas trilhas costais de rios ou um encontro com os locais. Curta um chocolate quente para esquentar e relaxe à noite com uma taça de vinho no jantar. A maioria dos cruzeiros no Alasca é casual, então não é necessário se enfeitar para as refeições.

        Planeje com antecedência - A maioria das vagas dos cruzeiros no Alasca se esgota com 6-9 meses de antecedência, então reserve cedo para garantir sua vaga e evitar uma decepção. O meio de abril ao início de maio e o fim de agosto ao meio de setembro oferecem preços mais em conta para ir ao Alasca – você pode economizar mais de U$400 em comparação com as viagens de junho ou julho.

        Chegue cedo - Como mencionado antes, é bom chegar com um dia de antecedência para garantir que você esteja no cruzeiro a tempo. Como é necessário pegar voos para chegar à maioria dos portos de embarque dos cruzeiros no Alasca, é uma boa ideia deixar um tempo para eventuais atrasos.

        Escolhendo a viagem certa - O tipo de viagem que você escolher vai depender de preferência pessoal, mas todos os cruzeiros no Alasca oferecerão uma experiência maravilhosa nesta região remota. A maioria dos barcos se esforça muito para marcar os itinerários, então não importa qual você escolher, você terá uma experiência memorável. Os itinerários no Alasca geralmente duram 7, 8 ou 10 dias. Muitos tamanhos de barco estão disponíveis para velejar no Alasca; para mais informações, veja a nossa página nos Melhores Cruzeiros em Barcos Pequenos no Alasca.

        O que levar na mala - A temporada de cruzeiros no Alasca vai de abril a setembro, entrando e saindo do verão. As temperaturas médias ficam entre 12-18°C e podem cair para 5°C durante a noite, então é necessário ter roupas apropriadas para estas temperaturas. Pode haver muita chuva no sudoeste do Alasca, então é bom levar uma boa jaqueta a prova d’água. Muitos cruzeiros no Alasca envolvem caminhadas, então você também vai precisar de um bom par de botas; óculos escuros são uma necessidade nos meses de verão, especialmente para proteger do reflexo da água. A maioria dos barcos tem binóculos disponíveis para uso, mas se você tem os seus, traga-os – assim você não tem que esperar os outros hóspedes terminarem de usar os binóculos do barco.

        Conselhos de viagem para o Alasca - O Alasca é um estado americano, então você precisará de um passaporte com pelo menos 6 meses restantes de validade restante e de um visto apropriado. Por favor, verifique as exigências de visto mais recentes antes de planejar sua viagem.

        Contate nossa equipe de reservas para discutir seu cruzeiro em barco pequeno para o Alasca.

        Alasca Comentários

        9,2
        Soberbo (de 10) 10
        Nota média de 2 Comentário(s) Verificado(s) Apenas pessoas que fizeram a reserva pelo LiveAboard e participaram da viagem podem escrever comentários.
        Se inscreva já e receba ofertas semanais

        Obrigado por se inscrever - quer mais ofertas? siga-nos no facebook