Mergulhos Live Aboard em Galápagos

10live aboards emGalápagos

Vivencie mergulhos mundialmente famosos em Galápagos e veja uma gama espetacular de vida marinha e de formações geomorfológicas subaquáticas.

Mergulhos live aboard em Galápagos capturam a imaginação como nenhum outro lugar. É um paraíso para qualquer apaixonado por natureza. As ilhas famosamente inspiraram a Teoria da Evolução de Charles Darwin e são o lar de um vasto número de animais e pássaros que só podem ser encontrados aqui. A Reserva Marinha não é exceção, com tubarões-das-galápagos, iguanas marinhas e pinguins-das-galápagos.

Galápagos - 10 live aboards

    Galapagos Master

    Galapagos Master

    de US$ 643/ dia
    9,2 "Soberbo"

    GalápagosUS$5,295 de

    O Galapagos Master, de 32m, é um dos live aboards mais novos que navegam pelas águas cristalinas de Galápagos. Sua espaçosa suíte interna fica acima do nível das ondas e oferece vistas espetaculares.

      Galapagos Master
      Nortada Live Aboard

      Nortada Live Aboard

      de US$ 523/ dia
      8,5 "Fabuloso"

      GalápagosUS$5,587 de

      O design especial do casco do Nortada garante mergulhos mais suaves enquanto ele navega por Galápagos. Ideal para grupos de até 8 pessoas, ele inclui cabines espaçosas e banheiro privativo.

        Nortada Live Aboard
        Galapagos Sky

        Galapagos Sky

        de US$ 736/ dia
        9,4 "Soberbo"

        GalápagosUS$5,895 de

        • Nitrox Grátis

        Curta o serviço 5 estrelas oferecido por nossa tripulação no iate de luxo MV Galapagos Sky, de 33m. Feita para mergulhadores, essa embarcação é a forma mais confortável de mergulhar em Galápagos

        Galapagos Sky

        Não é de surpreender que a Reserva Marinha de Galápagos esteja listada como Patrimônio Mundial da UNESCO e sujeita às mais rígidas medidas de proteção. A maioria dos mergulhadores que se aventura em Galápagos quer visitar as espetaculares ilhas de Darwin e Wolf, acessíveis apenas por live aboard. Nestas ilhas isoladas, os mergulhadores podem encontrar enormes cardumes de tubarão-martelo-recortado, tubarões-seda, raias-manta e, claro, tubarões-baleia.

        Live aboards em Galápagos são poucos em número e têm um padrão muito alto. A maioria não leva mais que 16 hóspedes e todos possuem instalações completas. Os barcos contêm decks de mergulho embutidos, com estações de ar e áreas para armazenamento de câmeras. É a oportunidade de mergulhar em um dos lugares mais únicos e deslumbrantes do mundo com total conforto. As viagens acontecem o ano todo e sempre é uma boa época para visitar Galápagos. Os itinerários variam de 7-10 dias até cruzeiros completos de 14 noites. Cruzeiros mais longos tendem a visitar pontos menores, com a maioria dos live aboards priorizando Punta Carrion, Darwin e Wolf. Os preços geralmente variam de €400 a €600 por noite.

        PONTOS DE MERGULHO LIVE ABOARD NAS ILHAS GALÁPAGOS

        Punta Carrion, a leste de Santa Cruz, é a primeira parada para a maioria dos live aboards em Galápagos. É um ponto emocionante para os naturalistas, com leões-marinhos-das-galápagos entrando na água para brincar com os mergulhadores e cardumes de raias-águia passando por perto. Os fotógrafos terão muitas oportunidades com os tubarões-galha-branca-de-recife, que são numerosos e alheios aos mergulhadores. Com sorte, você poderá até ver um tubarões-martelo ou golfinhos no mar aberto.

        A corrente aqui costuma ser moderada pelos padrões de Galápagos, fazendo deste um mergulho relativamente fácil. A visibilidade é variável em toda a região, mas espere em torno de 10 metros em Punta Carrion. Como na maioria dos mergulhos em Galápagos, recomenda-se o uso de Nitrox - a profundidade máxima é de aproximadamente 33 metros e você com certeza vai querer ficar lá embaixo o máximo possível!

        Live aboards que oferecem mergulhos em Punta Carrion são o Galapagos Agressor, o Galapagos Master, o Humboldt Explorer e o Nortada.

        Wolf e Darwin são as ilhas mais isoladas das Galápagos e os live aboards têm que navegar durante a noite para alcançá-las. Estas pequenas ilhas são o lar de espécies únicas de pássaros e visitas em terra não são permitidas. Pouquíssimos barcos têm permissão para ancorar em Wolf e Darwin, o que significa que você provavelmente só terá que dividir as ilhas com barcos de pesquisa que vêm para identificar e estudar os grandes animais pelágicos.

        A área subaquática em volta destas ilhas é uma avenida para tubarões-martelo-recortados a caminho de Cocos. Tubarões-seda, tubarões-das-galápagos e raias-manta também passam por aqui, e você talvez possa ver grupos de golfinhos, raias-chita e às vezes até orcas. Entre junho e novembro também há a chance de ver o maior peixe do mundo: o tubarão-baleia.

        As condições em Wolf e Darwin podem ser difíceis, com marés altas e correntes fortes – tão fortes que alguns mergulhos são drift dives. A maioria dos live aboards exige que os mergulhadores tenham no mínimo 50 mergulhos logados e certificação pelo menos avançada. A maioria dos mergulhos fica em torno da marca dos 30 metros, o que significa que, para sua segurança e diversão, o Nitrox é uma boa escolha.

        Devido à localização isolada das ilhas, live aboards são a única maneira de acessar Darwin e Wolf. O Galapagos Agressor, o Galapagos Master, o Humboldt Explorer, o Galapagos Sky, o Astrea e o Nortada todos oferecem muitos dias de mergulho em Darwin e Wolf como parte de seus cruzeiros de 7, 10 e 14 noites.

        Cabo Douglas fica no lado leste da Ilha Fernandina. Os mergulhos são rasos, a maioria acima de 26 metros, com grande parte da vida marinha próxima à costa. Aqui você pode ver iguanas marinhas, uma espécie exclusiva das Galápagos. Estas iguanas podem mergulhar por até 10 minutos, se alimentando de algas que crescem nas rochas. Há também cormorões, pinguins-das-galápagos e cavalos marinhos em volta do Cabo Douglas. É um lugar ideal para aqueles que querem mergulhar com espécies marinhas únicas – e os que gostam de fotografia terão muito material e ótima iluminação.

        Cousins Rock é uma pequena ilha rochosa ao norte da Ilha Santiago. Em terra, ela é habitada por aves aquáticas e leões marinhos. A paisagem subaquática é perfeita para fotografia, com corais negros, esponjas e gorgônias. Também é um ótimo ponto para se ver raias-manta. Os live aboards que oferecem mergulhos em Cousins Rock são o Galapagos Agressor, o Galapagos Master, o Humboldt Explorer, o Galapagos Sky, o Astrea e o Nortada.

        MELHOR ÉPOCA PARA MERGULHAR NAS ILHAS GALÁPAGOS

        Os mergulhos em Galápagos são fantásticos o ano todo, mas há duas estações distintas.

        A estação quente vai de dezembro a maio, com temperaturas da água entre 23-25°C. As condições são mais calmas e as correntes são mais fracas, e é uma ótima época para se ver quantidades enormes de tubarões-martelo, tubarões-seda e tubarões-das-galápagos.

        A estação fresca é de junho a novembro, com a temperatura da água caindo para 16-18°C. Os mergulhos são mais desafiadores, com condições de superfície difíceis e correntes fortes. A estação fresca é o ápice para os tubarões-baleia, que ficam em volta das ilhas Darwin e Wolf nesta época. Ainda há grandes cardumes de tubarões-martelo e ocasionais tubarões-seda e tubarões-das-galápagos em volta das ilhas.

        A visibilidade em geral fica entre 10 e 21 metros, e as condições podem ser desafiadoras por causa de ressurgimentos e correntes, comuns na região.

        DICAS PARA OS LIVE ABOARDS EM GALÁPAGOS

        • Mergulhar em Galápagos pode ser frio, especialmente na estação fresca, e a maioria dos live aboards oferece de 3-4 mergulhos imperdíveis por dia. Para seu conforto, recomenda-se a utilização de trajes de 7 mm e capuzes.
        • A água é aproximadamente 6% mais salgada, então é importante ajustar seu lastro para obter melhor flutuabilidade.
        • Luvas ou ganchos são uma necessidade. Correntes fortes significam ter que segurar em rochas, que quase sempre estão cobertas de moluscos afiados.
        • Traga muitas memórias extras para câmeras e GOPROs – você não vai querer perder nada!
        • A maioria dos live aboards oferece a oportunidade de realizar visitas em terra, que apresentam uma visão única de um dos ecossistemas mais diversos do planeta.

        SAÍDAS PARA OS LIVE ABOARDS DE GALÁPAGOS

        Todos os live aboards em Galápagos saem da Ilha de Baltra, então é mais conveniente voar para cá. Você também pode voar para a ilha vizinha de San Cristóbal e pegar uma balsa para Baltra, mas os voos são menos frequentes e mais populares com residentes do que com turistas. A maioria dos live aboards e hotéis podem arranjar um transfer para pegá-lo no aeroporto e levá-lo através do canal.

        COMO CHEGAR ÀS ILHAS GALÁPAGOS

        Chegar em Galápagos a partir do Equador é relativamente fácil. A maioria dos voos dura 2 horas saindo de Guayaquil e Quito, onde há aeroportos internacionais. Os voos mais frequentes são com as companhias LAN, Tame e Avianca. Não se esqueça de deixar alguns dias extras se for voar de Quito: atividades vulcânicas na cidade podem causar atrasos.

        Devido à rígida proteção do Parque Nacional Galápagos, os visitantes devem saber algumas coisas antes de viajar. Antes de embarcar, você deverá pagar U$20 por um cartão de embarque/desembarque, e suas malas devem ser examinadas para garantir que não há contaminantes biológicos.

        É proibido trazer quaisquer plantas, sementes ou produtos biológicos, e assinar o cartão confirma isto. Se você está trazendo botas para trekking, lembre-se de limpá-las bem. Estas regras existem para evitar espécies invasoras, que são uma das maiores ameaças ao ecossistema único das ilhas. Você também terá de pagar uma taxa de U$60 do Parque Nacional quando chegar.

        Galápagos Comentários

        9,0
        Fabuloso (de 10) 10
        Nota média de 30 Comentário(s) Verificado(s) Apenas pessoas que fizeram a reserva pelo LiveAboard e participaram da viagem podem escrever comentários.
        Se inscreva já e receba ofertas semanais

        Obrigado por se inscrever - quer mais ofertas? siga-nos no facebook