Mergulhos Live Aboard em Cuba

Restrições de pesca garantem a abundância de vida marinha de cuba. Um live aboard é a maneira perfeita de vivenciar esta diversidade.

Cuba é um país conhecido por seus bons cigarros, rum de qualidade e a alegre salsa, mas com seu status de maior ilha Do Mar do Caribe, ela também tem uma longa costa com praias perfeitas de areia branca e oportunidades incríveis para mergulho. O governo cubano prioriza a proteção do seu ambiente marinho, o que resulta em um ecossistema saudável com condições ideias. É o lugar perfeito para se fazer uma viagem de mergulho live aboard. O liveaboard.com oferece uma gama de barcos de mergulho que velejarão com estilo para as partes mais remotas das águas cubanas.

As embarcações vão de elegantes iates a poderosos barcos de luxo, e até hotéis flutuantes! Muitos incluem ar condicionado, água aquecida, eletricidade e internet. Tipicamente, Os safáris de mergulho duram 7 dias/6 noites, o que dá aos hóspedes a oportunidade de passar bastante tempo embaixo d´água – mas você também terá a chance de relaxar no sol e aproveitar o sereno Mar do Caribe.


O ambiente subaquático é incrivelmente diverso e apenas um seleto número de pessoas tem a permissão de mergulhar em Cuba a cada ano. Como resultado, as reservas marinhas são naturais e intocadas, com visibilidade cristalina e temperaturas agradáveis.

PONTOS E ÁREAS DE MERGULHO EM CUBA

Ao longo do arquipélago cubano, os mergulhos são de primeira classe e as águas são riquíssimas. É possível chegar a alguns pontos a partir das ilhas, mas a melhor maneira de vivenciar a variedade de pontos é com um cruzeiro live aboard, velejando pelas deslumbrantes lagoas de cor turquesa.

Os Jardines de la Reina, ou “Jardins da Rainha”, são sem dúvida a melhor região não só para fazer mergulhos live aboard em Cuba, mas também para atividades subaquáticas no Caribe em geral. São aproximadamente 230 ilhetas que se estendem por 240 quilômetros ao sul de Cuba. Há alguns maravilhosos pontos de mergulho aqui, incluindo Pipin, Farallon, Vicente, Black Coral I e II, e Avalon, onde a vida marinha é vibrante e diversa. Dentre os visitantes frequentes estão tubarões de recife, tubarões-martelo, tartarugas e raias-águia.

Consistindo de uma incrível cadeia de 350 ilhetas, o Arquipélago Canarreos possui mergulhos ilimitados que podem ser aproveitados em um live aboard no sul de Cuba. Duas das maiores ilhas, Isla de la Juventud e Cayo Largo, são incrivelmente intocadas, com praias pitorescas e águas claras, perfeitas para mergulhos noturnos onde tubarões dorminhocos são vistos com frequência. Garoupas, barracudas, tubarões-enfermeiros e corais deslumbrantes receberão os mergulhadores em muitos dos outros pontos visitados pelo live aboard.

QUANDO IR

Devido às condições favoráveis, clima tropical e águas quentes, é possível mergulhar o ano todo em Cuba. A visibilidade é sempre excelente (com frequência acima de 30 metros), com temperaturas da água em torno de 25°C. A temporada alta normalmente vai de dezembro a março, com mergulhos melhores e preços mais altos; no entanto, a temporada “baixa” de abril a novembro também tem condições excelentes de mergulho.

DICAS PARA OS VIAJANTES 

A língua oficial de Cuba é o espanhol, mas na indústria turística é possível se virar com o inglês.

O sistema monetário de Cuba é um pouco estranho, mas único. Há na verdade duas moedas em circulação – a mais utilizada por turistas (e que você receberá nas casas de câmbio) é o peso conversível. O peso conversível não pode ser comprado fora de Cuba, então leve dinheiro – preferencialmente euros, libras ou dólares canadenses – para trocar no aeroporto. Dólares americanos são aceitos, mas as taxas para trocá-los são altíssimas, portanto evite-os. A outra moeda é o peso cubano, utilizado por moradores locais em transações rotineiras. É bom carregar alguns pesos cubanos com você caso precise pegar um táxi, fazer um lanche, etc.

Caixas eletrônicos podem ser encontrados nas cidades maiores, mas em outros lugares são raros e frequentemente não funcionam. Os cartões de crédito estão se tornando cada vez mais populares.

As tomadas são semelhantes às dos Estados Unidos, com dois pinos achatados e voltagem de 110 volts/60 Hz, apesar de alguns hotéis mais novos utilizarem 220 volts/60 Hz. Não se esqueça de trazer um adaptador.

COMO CHEGAR E PORTOS DE EMBARQUE

Os live aboards em Cuba saem de três portos principais. Os safáris de mergulho com destino a Jardines de la Reina geralmente saem do porto Jucaro. Aqueles que vão para o Arquipélago Canarreos tendem a sair dos portos de Trinidad ou Cienfuegos. Na verdade, a maioria das operadoras providencia um transfer da capital, Havana, então os hóspedes provavelmente não terão que tomar providências por conta própria. Havana tem um bom aeroporto internacional e voos diretos chegam do mundo todo, incluindo Europa, América Latina, América do Norte e Ásia.

CONSIDERAÇÕES 

Uma ampla gama de preços é oferecida no liveaboard.com, de orçamentos econômicos ao luxo completo! Custos extras podem incluir taxas do Parque Nacional, taxas de registro e gorjetas para a equipe.

A maioria dos live aboards não exige um número mínimo de mergulhos, apenas uma certificação básica. É aconselhável trazer seu log book e carteirinha para que a equipe esteja ciente do nível de cada mergulhador.

Turistas brasileiros precisam de visto para entrar em Cuba e os passaportes devem ser válidos pela duração da estadia.


Cuba Comentários

  • 8,7 Fabuloso
  • 5 Comentários Verificados