Mergulhando na Indonésia

Os mergulhos na Indonésia são talvez alguns dos melhores do mundo e certamente os mais abundantes em termos de número de espécies. A variedade de pontos de mergulho é algo a ser contemplado e inclui de tudo: mergulhos em paredão, os melhores muck dives do mundo, leitos de ervas marinhas, jardins de corais, formações vulcânicas imensas e até naufrágios. Os mergulhos na Indonésia são relativamente desconhecidos, com talvez mais pontos a serem descobertos e explorados do que pontos já conhecidos; mas com as informações que se tem, a qualidade excepcional dos mergulhos indonésios já é claramente aparente.

A República da Indonésia fica situada no Sudeste Asiático, entre os oceanos Índico e Pacífico. É o maior arquipélago do mundo, se estendendo por 5.000 km de leste a oeste e 1.760 km de norte a sul. A Indonésia tem muito a oferecer em termos de mergulho, uma vez que o arquipélago abrange impressionantes 13.000 ilhas!

81 Live aboards em Indonésia

    Samambaia

    de US$ 335/ dia
    9,4 "Soberbo"

    IndonésiaUS$335 de

    • Nitrox Grátis

    O Samambaia é um iate tradicional que acomoda 14 passageiros em 6 cabines e uma cabine máster. Ele viaja para Raja Ampat, mar de Banda, Alor e Komodo.

      Samambaia

      Mutiara Laut

      de US$ 591/ dia
      9,6 "Excepcional"

      IndonésiaUS$591 de

      • Nitrox Grátis

      Explore a indonésia no lindo Mutiara Laut. Com um serviço de alta classe e mergulhos em Raja Ampat, Komodo e mar de Banda, o Mutiara garante férias memoráveis.

        Mutiara Laut

        Raja Ampat Aggressor

        de US$ 384/ dia
        8,9 "Fabuloso"

        IndonésiaUS$384 de

        O Raja Ampat Aggressor é um moderno iate de luxo que acomoda 16 passageiros em 8 cabines com banheiro. Ela visita as áreas de Raja Ampat, mar de Banda e baía Tritão com conforto e estilo.

        Raja Ampat Aggressor

        VIDA MARINHA NA INDONÉSIA

        A vida marinha na Indonésia é um misto entre espécies asiáticas e australianas separadas pela Linha de Wallace. Ambos os grupos de espécies vivem muito próximos, mas sua separação é notadamente abrupta. A separação acontece no Estreito de Lombok, entre as ilhas de Bali e Lombok.

        A Indonésia faz parte do Triângulo de Coral, uma região que reconhecidamente abriga a maior diversidade de espécies marinhas do mundo. Ao mergulhar na Indonésia, você terá a chance de ver mais de 3.000 espécies de peixe e mais de 600 espécies de coral. É uma estatística quase incompreensível, mas em Raja Ampat quase 300 espécies de peixe foram relatadas em um único mergulho!

        Na maioria dos pontos de mergulho da Indonésia é possível ver cinco das sete espécies de tartarugas marinhas, incluindo as tartarugas-de-pente, de couro, oliva, amarela e verde. Os melhores pontos de mergulho são frequentemente visitados por algumas espécies pelágicas bem grandes, incluindo tubarões-baleia, tubarões-martelo, peixes-lua (também conhecidos como mola mola), raias-manta, galhas-brancas-oceânicos, pontas-negras-de-recife, raias-águia, barracudas e até golfinhos.

        A Indonésia também está ganhando reputação como um destino de primeira para muck dives. Com pontos tão densamente povoados como o Estreito de Lembeh e Ambon Harbour, não é difícil ver por quê. Fotógrafos de macro poderão capturar muitas de suas espécies desejadas, incluindo o camarão-arlequim, o psicodélico peixe-sapo, coloridos rhinopias, incontáveis espécies de nudibrânquios, peixes-mandarim e Callionymidaes.

        MELHORES PONTOS DE MERGULHO NA INDONÉSIA

        Komodo é uma ilha relativamente pequena, mas é também uma das mais prolíficas. Mais de 1000 espécies de peixes nadam no Parque Nacional de Komodo, que por sinal é também um dos únicos sete lugares do mundo a terem areia rosa em suas praias. Correntes fortes trazem nutrientes e sustentam uma grande diversidade de espécies, incluindo raias-manta, cavalos marinhos pigmeus, golfinhos e polvos-de-anéis-azuis.

        Raja Ampat é um hotspot de mergulho na Indonésia e atualmente o detentor do título de ambiente marinho mais rico do mundo. Localizado logo na ponta noroeste da Nova Guiné, mais de 1.500 espécies de peixes, 537 corais e quase 700 espécies de moluscos foram observados aqui. Grandes números de raias-manta visitam Raja Ampat e este é um dos únicos locais onde você pode mergulhar perto da costa para ver os lagos de águas-vivas que não queimam.

        Lombok fica logo ao lado da Linha de Wallace, fornecendo acesso fácil a espécies tanto asiáticas quanto australianas. Esta ilha também fica a pouca distância de Tulamben Bay, em Bali, onde se encontra o naufrágio do USAT Liberty. Atualmente, o naufrágio está completamente incrustrado com corais moles e grandes gorgônias, além de ser um ótimo ponto para se ver galhas-brancas-oceânicos e pontas-negras-de-recife.

        A Baía Cenderawasih é um local muito protegido que atrai números incrivelmente altos de tubarões-baleia. Ela também funciona como um local fantástico para mergulhar quando as condições em outros locais da Indonésia estão difíceis. Os ecossistemas de mangue que se espalham pelo litoral são berçários perfeitos para muitas espécies, oferecendo boa proteção. Se você tiver sorte, terá a chance de ver dugongos e até a poderosa baleia azul!

        Halmahera é a maior ilha das Molucas, apresentando jardins vibrantes de corais nas águas rasas, formações vulcânicas proeminentes, mergulhos drift e paredões, assim como pontos de muck dive. Esta é uma região relativamente inexplorada da Indonésia e promete mais pontos a serem descobertos. Halmahera é um ótimo lugar para mergulhar com tubarões-martelo e abriga impressionantes 686 espécies de peixes e 450 espécies de coral.

        TEMPORADA DE MERGULHO NA INDONÉSIA

        Estendendo-se pelo equador, a Indonésia tem estações de chuva e de seca muito distintas. A melhor época para fazer uma viagem de mergulho na Indonésia é durante a estação seca, quando o clima está mais calmo, mas a Indonésia é um país tão grande que o momento de mudança de estação varia ligeiramente dependendo do lugar. No entanto, de forma geral, a estação seca é de junho a outubro, e a estação de chuva é de novembro a março. Em certos lugares, é possível mergulhar na Indonésia o ano todo, desde que seja permitido de acordo com as regras do parque marinho daquela área. Pontos de mergulho como a Baía Cenderawasih oferecem mais abrigo e são mais visitadas durante julho e setembro, quando ventos fortes criam condições difíceis em vários outros pontos.

        NÍVEL DE EXPERIÊNCIA PARA MERGULHAR NA INDONÉSIA

        Os mergulhos na Indonésia têm algo a oferecer para todos os níveis de experiência. As Ilhas Gili, a noroeste de Lombok, são um local ideal para se aprender a mergulhar, com correntes tranquilas e uma posição relativamente protegida.

        Muitos pontos na Indonésia requerem um mergulhador de nível intermediário ou avançado, geralmente por causa das correntes fortes. Komodo é conhecida por ter correntes muito rápidas, enquanto as correntes em volta da ilha Nusa Penida também podem ser imprevisíveis, mudando de direção no meio do mergulho.

        COMO EU CHEGO À INDONÉSIA

        Apesar de voos internacionais diretos para vários aeroportos da Indonésia estarem disponíveis, a maioria deles não é de vôos longos – muito menos de voos provenientes da América do Sul. Saindo do Brasil, é necessário fazer pelo menos duas conexões, sendo uma delas geralmente na Europa ou no Oriente Médio, e a outra no Sudeste Asiático. Esta segunda, preferencialmente, deve ser Cingapura: todos os principais aeroportos da Indonésia estão disponíveis diretamente via Cingapura, reduzindo a necessidade de planejar demais.

        Seguindo o seu voo de Cingapura, há quatro aeroportos principais na Indonésia aonde os turistas tipicamente chegam: Jacarta, Manado, Bali e Lombok. O aeroporto específico escolhido dependerá do local de embarque da sua viagem de mergulho, e alguns cruzeiros saem de portos tão remotos que um voo adicional talvez seja necessário.

        Se inscreva já e receba ofertas semanais

        Obrigado por se inscrever - quer mais ofertas? siga-nos no facebook