Mergulhos Live Aboard em Ilhas Virgens

Com águas cristalinas, diversos recifes de corais coloridos e naufrágios famosos, as Ilhas Virgens Britânicas são um paraíso do mergulho.

Viagens em live aboard para as Ilhas Virgens são feitas no Cuan Law, um trimarã com todo o suporte necessário ao mergulho a bordo. Live aboards nas Ilhas Virgens aliam o lindo visual do Caribe à oportunidade de mergulhar em naufrágios e recifes de coral. Naufrágio do Rhone: Provavelmente a opção mais incrível de todos os itinerários pelas Ilhas Virgens.

O RMS Rhone é um ponto de mergulho desde 1975. Muitas partes do navio permanecem em ótimo estado, incluindo seu propulsor de 4,5 metros. O tamanho impressionante do navio já impacta os mergulhadores à medida em que descem nas cristalinas águas do local. Um ponto marcante não só para entusiastas de naufrágios mas para mergulhadores em geral.


Round Rock: A ausência de correntes fortes nas Ilhas Virgens Britânicas traz conforto em drift dives tranquilos como esse. A corrente de Round Rock é um ponto de mergulho no vão entre dois grandes montes rochosos cobertos de corais duros, moles e esponjas. O local serve de abrigo para cardumes de xerelete-azul, mulata (C. multilineata) e gudião-crioulo, além de outras espécies de peixes.

The Blinders: Mergulhar nessa área dá a chance de entrar em contato com essas gigantescas pedras com mais de 10 metros de profundidade. Formando diversos níveis, as rochas são cobertas por corais moles, corais de fogo e esponjas dos mais variados formatos em grandes quantidades. Com vários arcos e túneis, pargos e jaguariçás frequentam o local, além de aparições esporádicas de tubarões-enfermeiros e tartarugas-de-pente.

COMO CHEGAR ÀS ILHAS VIRGENS

Os cruzeiros de live aboard pelas Ilhas Virgens Britânicas saem da ilha de Tortola. Para chegar à cidade, diversas linhas aéreas comerciais fazem escala em San Juan, Porto Rico vindo dos EUA. Uma opção mais barata é voar para St. Thomas e de lá pegar a barca para Tortola, em uma travessia de cerca de uma hora.