Mergulho nas Ilhas Salomão

As Ilhas Salomão possuem quase 1000 ilhas, muitas delas nunca visitadas por mergulhadores. Esse paraíso permanece intocado e pouquíssimo explorado, mesmo sendo moradia de muitos naufrágios.

Mergulhos de alta qualidade são a norma nas Ilhas Salomão, um verdadeiro paraíso para os mergulhadores nesse que é um dos segredos mais bem guardados do Pacífico. Existem seis ilhas principais: Guadalcanal, Malaita, New Georgia, Santa Isabel, Makira e Choiseul. Mesmo com paisagens belíssimas e atrações culturais, o verdadeiro tesouro está em seus recifes rasos de coral e em seus naufrágios.

MELHORES PONTOS DE MERGULHO NAS ILHAS SALOMÃO

Mergulho nas Ilhas Salomão oferece o contato com recifes extremamente saudáveis, abismos estonteantes, naufrágios incríveis, biodiversidade e o melhor de tudo: nada de multidões. Imagine um mergulho nas Ilhas Salomão onde, além de ver os mais belos corais você pode explorar naufrágios e outros destroços não só de navios como também de aviões e até submarinos da II Guerra Mundial. Após o fim da guerra, as águas entre as Ilhas Florida Islands (Tulagi) e Guadalcanal foram chamadas de Iron Bottom Sound (Fundo com Som de Ferro) por conta dos 200 navios, 690 aviões e incontáveis lanchas de desembarque que afundaram durante os meses que duraram as batalhas. Mergulhos em naufrágios não faltam aqui.

Se seu objetivo é mergulhar em áreas intocadas e remotas, conhecer vida marinha diferente e explorar a cultura do povo local das Ilhas Salomão certamente não desapontará. Com pontos de mergulho como Mary Island, Russel Island e Morovo Lagoon, não faltam opções para os mergulhadores.

COMO CHEGAR ÀS ILHAS SALOMÃO

A melhor maneira de mergulhar e explorar as Ilhas Salomão é em um cruzeiro de live aboard. Linha aéreas chegam a Honiara, capital das Ilhas Salomão e base dos cruzeiros da Bilikiki Cruises Ltd., vindas de Nadi (Fiji), Brisbane (Austrália) e Port Moresby (Papua-Nova Guiné). Sempre verifique seu porto de saída para escolher o melhor aeroporto de chegada.

Origin: US