Live aboard de mergulho no Ártico

6live aboards emÁrtico

Um mundo totalmente novo aguarda debaixo destas águas repletas de icebergs.

Um live aboard no Ártico é sinônimo de paisagens estonteantes, uma vida selvagem intrigante, um estilo de vida diferente e fenômenos naturais sensacionais. Já quis ver um urso polar na natureza? Sempre desejou presenciar a aurora boreal? Então, você precisa participar de uma excursão no Ártico! O que não falta são atrações e atividades, incluindo a experiência única do mergulho sob o gelo.

Ártico - 6 live aboards

    Plancius

    Plancius

    de US$ 461/ dia

    ÁrticoUS$3,694 de

    Junte-se ao Plancius para uma viagem polar às águas do ártico. Mergulhe ao lado de leões marinhos e formações de gelo em Spitsbergen. Até 24 mergulhadores por viagem.

      Plancius
      Ortelius

      Ortelius

      de US$ 461/ dia

      ÁrticoUS$3,694 de

      Junge-se ao Ortelius em uma emocionante aventura de mergulho no Ártico. Mergulhe em águas cristalinas ao lado de leões marinhos em Spitsbergern. Apenas 24 mergulhadores por grupo.

        Ortelius
        Sula

        Sula

        de US$ 715/ dia

        ÁrticoUS$4,787 de

        • WiFi Grátis

        Junte-se ao MS Sula para uma emocionante Expedição Orca na Noruega. As viagens seguem os arenques até um dos maiores encontros de orcas do mundo, com até 50 baleias. Faça mergulho livre e snorkeling com estas criatu

        Sula

        Numa viagem ao Ártico, você consegue explorar todo um mundo subaquático que poucas pessoas terão a chance de ver na vida. Uma das vantagens do live aboard é que você se locomove de um lugar ao outro sem ter todo aquele trabalho de armar e levantar acampamento várias vezes, além de ter que carregar todo o seu equipamento de viagem nas costas. Basta entrar na sua cabine ao final do dia e ter uma boa e agradável noite de sono, se preparando para aventura seguinte.

        O Ártico possui grandes reservas de petróleo e gás natural. E vários países, como a Rússia, o Canadá, os EUA, a Dinamarca e a Noruega, reivindicam partes do território.

        VIAGENS DE MERGULHO A BORDO DE UM LIVEABOARD NO ÁRTICO

        A melhor maneira de explorar o Ártico é através de um live aboard que, além de proporcionar uma viagem mais cômoda e aconchegante, permite que você chegue a locais mais distantes ou impossíveis de visitar em excursões mais curtas. Com isso, você conhece os melhores pontos de mergulho e conta com a companhia de pessoas com interesses semelhantes aos seus e com quem você pode estabelecer um vínculo e criar camaradagem. Já quem gosta de tirar fotografia subaquática vai se sentir em casa mergulhando aqui.

        No Ártico, é possível encontrar todo tipo de vida marinha, incluindo várias espécies de peixes. Uma atividade bastante popular é a observação de baleias, além do mergulho com focas, se você tiver sorte. Outros animais que você pode encontrar são os ursos polares e as morsas, embora não seja possível mergulhar quando eles estão por perto. E fique atento, pois a qualquer momento, você pode ver uma raposa-do-ártico correndo em meio ao chão congelado. Os observadores de aves também vão gostar da viagem.

        Quem pensa que o Ártico só tem vida aquática e selvagem para mostrar está muito enganado. Existe também a possibilidade explorar navios naufragados em praias, baías ou por meio de botes infláveis.

        As viagens de mergulho no Ártico duram de 7 a 9 noites e contam com um itinerário próprio, repleto de atividades selecionadas, incluindo passeios em botes infláveis, caminhadas e excursões pela costa, além de lugares de interesse histórico ou natural, colônias locais, atrações culturais, museus e muito mais.

        ÁREAS E PONTOS DE MERGULHO NO ÁRTICO

        A maior parte dos mergulhos no Ártico ocorre próximo a Spitsbergen, ilha localizada ao norte da Noruega. Dependendo do roteiro de viagem, você pode conhecer Longyearbyen, uma antiga cidade mineradora que conta com um Museu Polar, as impressionantes geleiras do pitoresco Raudfjord, a enorme Geleira de Mônaco e a espetacular vida selvagem do Estreito de Hinlopen.

        Outras possibilidades incluem a Geleira 14 de Julho, a base de pesquisa de Ny Ålesund, os despenhadeiros de Alkefjellet com suas inúmeras aves, a Ilha de Barents, Hornsund com seus espetaculares fiordes e Ahlstrandhalvøya, onde você pode ver pilhas esquecidas de esqueletos de baleias. Em vez disso, sua viagem pode incluir a Geleira de Måne, na Dinamarca, com sua colônia abandonada, a rica vida selvagem do pitoresco Cape Hofmann Halvø, Sydkap e Ittoqqortoormiit.

        Alguns itinerários também oferecem mergulhos em Scoresby Sund, na Groelândia, o maior e mais profundo fiorde do mundo. Este é um excelente local para ver diferentes espécies de baleias e icebergs imensos.

        QUANDO IR

        O melhor momento para fazer uma expedição no Ártico é de abril a setembro, com os meses de pico para o turismo entre junho e agosto. No verão, é possível ver o sol da meia-noite e, no inverno, a magia da aurora boreal resplandecendo no céu com toda a sua glória.

        Abril é um mês excelente para se admirar uma paisagem intocada e rudimentar, com camadas recém-formadas de neve e novos icebergs. Também é possível ver baleias-jubarte nadando nas águas geladas. Nos meses seguintes, à medida que os icebergs começam a derreter, você encontra navais, renas em migração e diversas aves marinhas.

        Julho é um dos melhores momentos para quem deseja ver ursos polares próximos à costa, além das incríveis baleias brancas e das aves marinhas. Nos meses de verão, embora ainda faça frio, você encontra as melhores condições de mergulho.

        DICAS AOS VIAJANTES

        Quando for se preparar para um live aboard no Ártico, coloque em sua mala roupas adequadas às condições extremas de frio e que possam ser usadas umas sob as outras. Outro item indispensável é um equipamento de mergulho de boa qualidade para as águas congeladas: dry suit (roupa seca), luvas, botas, reguladores de mergulho anti-congelamento, uma jaqueta que estabiliza a temperatura corporal, uma faca, uma lanterna, uma bússola, um computador/relógio/medidor, um manômetro, máscara, nadadeiras (pés de pato) e cinto de lastro. Os pesos são emprestados no barco.

        E não se esqueça da câmera! Você não pode deixar de levar uma câmera subaquática para tirar fotos das suas aventuras nas águas do Ártico. Se quiser observar a vida selvagem à distância, não dispense um bom par de binóculos.

        COMO CHEGAR E PORTOS DE PARTIDA

        A maioria dos live aboards do Ártico partem de Longyearbyen em Spitsbergen ou de Akureyri no norte da Islândia. Para chegar a ambos os destinos, você conta com o Aeroporto de Svalbard, Longyear (LYR) e o Aeroporto Internacional de Akureyri (AEY) respectivamente.

        CONSIDERAÇÕES FINAIS

        Para se aventurar no Ártico a bordo de um live aboard, você precisa ter alguma experiência de mergulho, pois a viagem não é indicada para iniciantes. É necessário pelo menos 30 mergulhos anteriores, sendo alguns deles em águas frias.

        Não há câmaras de descompressão nas regiões polares, e o mergulho pode ser arriscado. No entanto, os mergulhadores mais experientes estão cientes dos riscos e sabem como agir. Lembre-se de que os hospitais ficam a algumas horas de distância, às vezes até mais que isso.

        Deixe suas vacinas em dia e leve com você todos os medicamentos que precisar tomar em quantidades suficientes para toda a viagem.

        Os preços de um live aboard no Ártico variam de US$ 3.100 para viagens de 7 noites a US$ 4.900 para viagens de 9 noites numa rota diferente. Taxas adicionais podem ser aplicadas em atrações, refeições e gorjetas.

        Entre em contato hoje mesmo, e a nossa equipe terá o prazer de ajudar reservar o seu próximo live aboard no Ártico.

        Se inscreva já e receba ofertas semanais

        Obrigado por se inscrever - quer mais ofertas? siga-nos no facebook